11
QUESTIONÁRIO COMO INSTRUMENTO DE INVESTIGAÇÃO

 



 
LEITURA 11.1

RICHARDSON, Roberto Jarry e outros. Pesquisa social; métodos e técnicas. São Paulo, Editora Atlas, 1985.

Capítulo 9. Questionário.

Funções a características. p. 142-150.

QUESTÕES 

A partir do exposto por Richardson, descrever funções do questionário em um grupo social: 1) descrever características; 2) medir variáveis.

Na construção do questionário definir as responsabilidades do pesquisador referentes a : tamanho, natureza, conteúdo e duração de tempo de aplicação do questionário.

Descrever a classificação do questionário pelo tipo de pergunta: questionário de perguntas fechadas, questionário de perguntas abertas e questionário que combina perguntas abertas e perguntas fechadas.

Apresentar conceito de "questionário de perguntas fechadas".

Descrever e exemplificar os diversos tipos de perguntas fechadas: 1) com alternativas dicotômicas; 2) com respostas múltiplas; 3) com alternativas hierarquizadas.


 



 
LEITURA 11.2

RICHARDSON, Roberto Jarry e outros. Pesquisa social; métodos e técnicas. São Paulo, Editora Atlas, 1985.

Capítulo 9. Questionário.

Funções e características. p. 142-150

QUESTÕES

Analisar aspectos que a elaboração de questionários de perguntas fechadas devem necessariamente atender: as alternativas precisam ser "exaustivas" e "mutuamente exclusivas".

Descrever as vantagens e as desvantagens de perguntas fechadas em questionários.

A utilização de questionário de perguntas fechadas supõe do pesquisador: 1) grande conhecimento da temática da pesquisa; 2) muito acentuado conhecimento das características dos informantes, capaz de "antecipar o tipo de respostas a serem dadas". Analise esses dois aspectos em suas implicações práticas, no momento do pesquisador redigir o questionário.

Discorra sobre a posição do autor quanto a situação que se adequam (e que não se adequam) a questionário de perguntas fechadas.

Quanto ao questionário de perguntas abertas: conceituar e exemplificar.

 




 

LEITURA 11.3

RICHARDSON, Roberto Jarry e outros. Pesquisa social; métodos e técnicas. São Paulo, Editora Atlas, 1985.

Capítulo 9. Questionário.

Funções a características. Construção dos questionários. p. 146-157

QUESTÕES 

Segundo o exposto por Richardson, no que diz respeito aos questionários que combinam perguntas abertas e fechadas: 1) conceituar; 2) descrever os objetivos especialmente em situação de pré-teste de questionário.

Relacionar as vantagens e as desvantagens das perguntas abertas.

Descrever os métodos de aplicação do questionário: 1) contato direto; 2) questionário pelo correio.

Analisar o exposto pelo autor quanto à construção do questionário: 1) operações referentes à preparação do questionário: 2) recomendações para a redação das perguntas.

Quanto às perguntas do questionário: 1) salientar a importância da disposição das perguntas (ordem sequencial das perguntas e distinção nítida entre "instrução", "pergunta" e "resposta"; 2) organizar de forma a facilitar a análise.

No que diz respeito ao pré-teste do questionário: 1) conceituar; 2) estabelecer objetivos; 3) analisar exemplos.


 



 
LEITURA 11.4

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo, Editora Atlas, 1987.

Capítulo II. O questionário.

Conceituação. Vantagens e limitações do questionário. A construção do questionário. p. 124-132.

TEXTOS

Segundo o exposto por Gil: 1) conceituar questionário; 2) estabelecer diferenças entre questionário, entrevista, enquete e escala.

Discorrer sobre as vantagens e as limitações do questionário como técnica de pesquisa.

Descrever aspectos importantes na construção do questionário e que dizem respeito: 1) à relação que deve existir entre os itens do questionário e os objetivos específicos da pesquisa; 2) à necessidade de que os objetivos específicos da pesquisa tenham sido fixados de maneira adequada; 3) à forma das perguntas que podem ser redigidas como "abertas", "fechadas" e "duplas".

Analisar o exposto pelo autor quanto ao conteúdo das perguntas, que podem dizer respeito a fatos, crenças, sentimentos, padrões de ação; ou referir-se ao estudo do comportamento presente ou passado e a razões conscientes de crenças, sentimentos, orientações ou comportamentos.

 




 

LEITURA 11.5

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnics de pesquisa social. São Paulo, Editora Atlas, 1987.

Capítulo II. O questionário.

A construção do questionário. O pré-teste do questionário. p. 126-132.

QUESTÕES 

Descrever os critérios referentes aos seguintes aspectos: 1) inclusão de item em um questionário; 2) estilo de formulação da pergunta; 3) quantidade ideal de itens; 4) ordem sequencial das perguntas.

Analisar e inferir consequencias do que, ao discorrer sobre o questionário, o autor denomina de "mecanismo de defesa social": 1) a defesa de fachada; 2) a defesa contra pergunta personalizada; 3) a deformação conservadora; 4) o efeito de palavras estereotipadas; 5) a influência da referência a personalidades de destaque.

Quanto à apresentação do questionário, descrever aspectos de: apresentação gráfica; instruções para o preenchimento e introdução do questionário.

Analisar a importância do pré-teste do questionário, como instrumento para ajudar a inferir a validade e a precisão das informações. listar aspectos sobre os quais o pré-teste de questionário usualmente se ocupa.

 


12 - ENTREVISTA E CAMINHOS DA PESQUISA